segunda-feira, 13 de setembro de 2010

À Borliu?


Gosto de ti incondicionalmente. A amizade é desprovida de interesse próprio. Os amigos não pedem nada em troca. E tudo, e tudo, e tudo. Amizades de borla!? Tenho, vááááárias até! Aquelas do "olá, tudo bem? Bora tomar um copo?". Agora, amigos amigos, borlas à parte.
A verdade é que estou bastante farta de amizades em que as receitas ficam muito aquém das despesas. E não me entendam mal, por favor, todas as relações que cultivo, cultivo por gosto genuíno e não por querer obter algo delas. Mas é claro que (consciente ou inconsciente) se espera sempre algo em troca, mais não seja a mesma dedicação e gosto por nós. Certo?
Vamos lá a ver, minhas queridas amigas que só se lembram de mim quando precisam duma mãozinha, estão super sozinhas e deprimidas ou querem alguma coisinha emprestada, façam favor de ganhar juízo. É que a bondade e a (in)genuidade não duram para sempre. E, confesso, dói um bocadinho quando sou sempre eu a dar, a ir, a dizer, a ligar, e vocês, doidonas, esquecem-se de fazer o mesmo de vez em quando.

2 comentários:

...Ju... disse...

dói e é uma sacanice! >(

Mari disse...

Eu tenho uma amizade assim e se dantes eu corria atrás, ligava, dava e tudo mais, agora fiquei farta de ser só eu a fazer isso tudo e deixo andar, se quiser ligar ou dizer alguma coisa que diga se não amigas á mesma.
se ela precisar sabe bem que eu estarei aqui, deve ser por isso.